A televisão que vai onde você for

Assistir à TV digital no aparelho celular começa a mexer com o comportamento dos goianos, que já aprovam a nova idéia

Marília Costa e Silva

Já tem gente assistindo à TV digital pelo celular em Goiânia. O novo jeito de conferir a programação da televisão aberta em qualquer lugar da cidade e sem custo adicional está sendo aprovado pelos usuários goianos.
A única emissora a disponibilizar sua programação em sinal digital no Estado é a TV Anhanguera HDTV, que iniciou a transmissão no dia 4 de agosto, pelo canal 34.

Um dos que estão impressionados com a qualidade da imagem vista no aparelho é o escritor Carlos Fernando Magalhães, 67 anos, que se interessou pela novidade logo no início das vendas dos aparelhos na capital. Ele adquiriu um Samsung 820L, primeiro aparelho vendido no País já pronto para receber o sinal digital do padrão brasileiro (ISDB-T). O aparelho, com tecnologia 1seg, também é compatível com redes 3G (terceira geração). Cliente da operadora Vivo, ele conta que já acompanhou a programação da TV Anhanguera no shopping center, na rua e até em casa. “Devido à boa qualidade do sinal, conferi a programação sem ter nem mesmo de acionar a antena do aparelho”, conta.

Com tela de 2.6 polegadas, o escritor conta que conseguiu assistir à TV posicionando o celular tanto na vertical como na horizontal, uma vez que a imagem se ajusta automaticamente a esses formatos. “Depois de testar as duas posições, percebi que na vertical a qualidade da imagem é bem melhor”, afirma.

Depois de mais de 15 dias de uso, o único ponto negativo do aparelho, segundo Magalhães, é o formato, que ele considera ser muito espesso, pesado e “quadradão”, lembrando os primeiros celulares encontrados no mercado nas décadas de 1980. “Mas tudo isso fica esquecido quando se percebe que se pode assistir à TV em qualquer lugar que gente estiver.”

Quem também se surpreendeu com qualidade da imagem e com a praticidade do recurso foi o consultor técnico em informática Claúdio da Silva Omoto. Ele afirma que a TV no celular é algo inovador e ideal para quem precisa de mobilidade. “Enquanto esperava na fila do banco, na semana passada, vi algumas competições das Olimpíadas”, conta, garantindo que se fosse dar uma medalha para o aparelho seria a de ouro.

Apesar dos primeiros aparelhos terem começado a ser vendidos há cerca de 15 dias, o único celular encontrado em Goiânia ainda é o Samgung V820L. Ele é comercializado pelas operadoras Vivo, Brasil Telecom e Claro. Custa R$ 399 no Plano Claro Estilo 300 e R$ 1.199 no plano Conta Light 50, da Brasil Telecom. A Vivo, que foi a primeira a disponibilizar o produto, cobra R$ 499, no plano Vivo Escolha 650, e R$ 1.399, no sistema pré-pago.

Em breve, outro modelo estará disponível na capital. Trata-se do Semp Toshiba CTV41, que tem tela tipo touch screen de 2.2 polegadas com 262 cores. Outros recursos do aparelho são o reconhecimento de escrita, a boa câmera digital de 2 megapixels, MP3 Player com memória expansível via cartão microSD de até 2 Gbytes e conexão Bluetooth. Quem planeja vendê-lo em Goiânia é a Vivo, que estima que o produto custará a partir de R$ 299 no plano Vivo Escolha 650.

Segundo previsão do ministro das Comunicações, Hélio Costa, o Brasil deverá ter 800 mil celulares capacitados para receber o sinal da TV digital aberta até o final deste ano.

fonte: Jornal O Popular

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: