Palavra da Célula 04.12.08 – O anticristo e o falso profeta

anticristo “Todo aquele que não confessa que Jesus veio em carne é um anticristo” (1Jo 4.3). Ele é o homem da iniqüidade e o filho da perdição que se manifestará nos últimos dias (2Ts 2.3). A visão do anticristo descrita nos primeiros versículos de Apocalipse 13 não é inédita. Daniel faz uma descrição semelhante. Antes, portanto, de estudarmos propriamente o texto de Apocalipse 13, teremos uma visão geral do que a Palavra de Deus diz a respeito do anticristo.
A estátua de Nabucodonosor (Dn 2.31-44)

Nabucodonosor teve um sonho que mostrava uma estátua. A estátua de Nabucodonosor simboliza o sistema político mundial. Cada uma das partes da estátua representa os impérios mundiais que se sucederam através da História dos dias de Daniel até o final dos tempos.

• A cabeça de ouro — O império babilônico
• O peito e os braços de prata — O império medo-persa
• O ventre e os quadris de bronze — O império macedônico
• As pernas de ferro — O império romano
• Os dedos parte de barro e parte de ferro — o futuro reino do anticristo

O sonho dos quatro animais (Dn 7)

Esses animais estão ali para mostrar que o império do anticristo será a consumação de todos os outros impérios. Cada um desses animais corresponde à visão de Daniel no capítulo sete.
• Primeiro animal: o leão com asas de águia — O império babilônico
• Segundo animal: o urso com três costelas entre os dentes — O império medo-persa. O urso sai do leão como o império persa saiu do babilônico.
• Terceiro animal: o leopardo com quatro cabeças e quatro asas — O império macedônico que foi dividido entre os seus quatro generais.
• Quarto animal: uma fera com dez chifres e dentes de ferro — O império romano.

1. O quarto animal

O quarto animal aponta para o império do anticristo e, em certo sentido, o que se diz do império também refere-se ao próprio anticristo. A fera que Daniel viu era terrível, espantosa e muito forte. O império do anticristo será muito forte. O quarto animal de Daniel é o império do anticristo, mas a besta em Apocalipse é o próprio anticristo.
• Terrível espantosa (Dn 7.7;19)
• Sobremodo forte (Dn 7.7)
• Com grandes dentes de ferro e unhas de bronze (Dn 7.7;19)
• Devora toda a terra (Dn 7.7;19;23)
• Pisa o que sobejava (Dn 7.7;19;23)
• Com dez chifres (Dn 7.7;20;24). Esses dez chifres correspondem aos dez artelhos da estátua em Daniel 2.
• Com um chifre pequeno subindo entre os dez chifres (Dn 7.8;20;24-26)

2.O pequeno chifre

O anticristo se levantará contra tudo que se chama Deus, contra qualquer forma de culto e proferirá palavras insolentes e blasfêmias contra o Senhor. O anticristo é esse pequeno chifre de Daniel 7 que se levantará. O império do anticristo será uma espécie de extensão do império romano nos últimos dias.

• Tem olhos como olhos de homem (vv. 8;20)
• Fala coisas contra o Altíssimo (vv. 8;20;25)
• Tem uma aparência robusta (v. 20)
• Faz guerra contra os santos e prevalece sobre eles (v. 21)
• Fere os santos por três anos e meio (v. 25)
• Cuida de em mudar os tempos e a lei (v. 25)

O príncipe (Dn 9.26,27)

Esse príncipe que há de vir, refere-se a Tito, o general romano que destruiu Jerusalém. Ele é um tipo do anticristo. Não sabemos quanto tempo durará o governo do anticristo, mas a seu respeito podemos fazer algumas afirmações:
• Fará aliança com os judeus por uma semana de anos (Dn 9.27)
• Fará cessar o sacrifício no meio da semana (Dn 9.27)
• Virá como o assolador (Dn 9.27; Mt 24.15)
• Será destruído pela ira de Deus (Dn 9.27)
Tipificado pelo rei (Dn 11.36-38)

Historicamente, os fatos mencionados em Daniel onze já se cumpriram na vida do imperador grego Antíoco Epifânio. Todavia, sabemos que ele era apenas um tipo do anticristo que se manifestará no futuro (Dn 11.21-35).
O abominável da desolação sacrificou um porco no Santos dos santos no ano 168 aC. Jesus, porém, disse que isso acontecerá novamente e, quando acontecer, marcará o início da Grande Tribulação (Mt 24.15).

A besta vinda do mar (Ap 13.1-10)

Agora que lemos Daniel, podemos entender melhor a descrição de Apocalipse. A revelação da besta descrita aqui é uma continuação da revelação de Daniel. Sobre essa besta e o lugar de onde ela vem podemos afirmar o seguinte:

• Daniel 7.2 chama o mar mediterrâneo de “mar Grande”: povos, multidões, nações e línguas (Ap 17.15)
• Em Apocalipse 11.7 e 17.8 se diz que vem do abismo: um lugar de habitação dos demônios (Ap 9.11)
• Deve ser o anjo do abismo de Apocalipse 9.11: o anticristo
• A mesma descrição da besta de Apocalipse 13.1 — dez chifres e sete cabeças — é a do dragão em 12.3
• Dez chifres correspondem aos artelhos de Daniel 2.42-44, que são os dez reis de Apocalipse 17.12
• As sete cabeças em Apocalipse 17.9 são sete reis e sete montes
• Uma das cabeças foi ferida de morte e curada (Ap 13.3,4)
• Luta e vence os santos (Ap 13.7)
• Age por 42 meses (Ap 13.5)
• Mata as duas testemunhas (Ap 11.7)
• Governa toda a terra (Ap 13.7)
• Uma imagem sua é feita para ser adorada (Ap 13.14)
• Por fim o Senhor Jesus a destruirá (Ap 17.14; 19.19-21; 20.10)

O homem da iniqüidade (2Ts 2.3-10)

No tempo da apostasia, as pessoas terão aversão a qualquer tipo de religião, o homem será proclamado como o próprio deus. A vinda do anticristo será o ápice do humanismo e da independência de Deus.

• O iníquo (v. 3)
• O filho da perdição ou da destruição (v. 3)
• Se opõe contra toda forma de culto (v. 4)
• Proclama-se deus (v. 4)
• Será morto pelo sopro do Senhor (v. 8)
• Virá com poder, sinais e prodígios da mentira (vv. 9,10)

A besta que emerge da terra (Ap 13.11-18)

Essa besta é o falso profeta (Ap 16.13; 19.20; 20.10). A primeira besta vem do mar e representa o anticristo que deverá vir de nações gentílicas. A segunda vem da terra. Essa besta representa o falso profeta que deve vir de Israel. A terra simboliza Israel.

1. Com dois chifres, aparência de cordeiro, mas fala de um dragão (Ap 13.11-13)

O falso profeta vai tentar desviar a atenção das duas testemunhas fazendo também cair fogo do céu. Será difícil distinguir o falso profeta das duas testemunhas. Vemos assim que os sinais não são o critério de discernimento entre o falso e o verdadeiro (Mt 24.24; 2Ts 2.9,10).

2. Trabalhará para o anticristo (Ap 13.14)

Essa besta exercerá a autoridade do anticristo, levando as pessoas a adorarem a imagem do anticristo (v. 12) e levarem a marca (v. 16).

Pr. Aluizio A. Silva
fonte: http://www.igrejavideira.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: