Palavra da Célula 26 ago 09 – O voto do Nazireu

sansãoNazireu quer dizer “separado”. É uma pessoa que se consagra a Deus voluntariamente.
O voto do Nazireu consistia em três aspectos: abster-se do produto da uva, não cortar o cabelo e não tocar em cadáveres.

1- O voto do Nazireu

a. O produto da uva (Nm 6.3-4)

A primeira coisa que o Nazireu devia abster-se era do vinho e de todo o produto da uva. O vinho simboliza a alegria natural da vida. Todo aquele que deseja ser um Nazireu, deve se abster da alegria que o mundo oferece. 
O apóstolo Paulo compara o enchimento com Espírito Santo à embriaguez do vinho (Ef 5.18). Esta é a razão por que um Nazireu não bebia vinho: para mostrar que o seu maior prazer e deleite era a pessoa do Senhor.

b. Não cortar o cabelo (Nm 6.5)

O cabelo era o sinal mais evidente da consagração de um Nazireu. Deixar crescer o cabelo é um sinal de submissão a Deus (1Co 11.10;14). Nós hoje somos os Nazireus de Deus e devemos estar sujeitos ao Senhor e aos irmãos.
Deixar o cabelo crescer significa também desonra (1Co 11.4). Então, um Nazireu é aquele que nega a própria glória e a dá a Deus. É aquele que não se importa de sofrer desonra em nome de Deus e obedecer à Sua Palavra.
O cabelo comprido do Nazireu era o sinal mais evidente de sua consagração, porque expressava submissão e obediência. A nossa consagração ao Senhor sempre envolverá a disposição em sofrer afrontas e zombaria e de nos submetermos completamente a Deus.

Mas no exemplo de Sansão vemos que o cabelo também estava relacionado com o poder. O cabelo comprido mostrava que ele era um com Deus e que daí vinha a sua força. Depois que Sansão teve seu cabelo cortado, perdeu suas forças e passou a ser subjugado pelos filisteus.

c. A afeição natural (Nm 6.7)

Um Nazireu não podia tocar em cadáveres mesmo que este fosse de seu próprio filho. Ele deveria colocar a sua família em segundo plano, nem mesmo podia velar a morte de um filho. Jesus disse que se alguém amasse pai e mãe, mais do que a Ele, não seria digno de ser seu discípulo. Não devemos ser impedidos de servir a Deus por causa de pai, mãe, esposa e filhos (Lc 14.26). Aqueles que não conseguem priorizar o Senhor e se desvencilhar dos laços familiares, não possuem uma consagração completa ao Senhor de fato.

d. Rejeitar a morte – (Nm 6.6)

O Nazireu deveria também se afastar de cadáveres, rejeitar tudo aquilo que é morte. Há muitas coisas que não são necessariamente pecaminosas, mas trazem consigo a morte, pois não tem origem em Deus.
Aquele que se consagra ao Senhor deve ser cuidadoso com aquilo que ouve, vê e lê. Ser consagrado ao Senhor é mais que rejeitar o pecado, e a carne. Ser consagrado ao Senhor é rejeitar tudo aquilo que estiver impregnado de morte.
No mundo espiritual, temos três inimigos, e cada um deles opõe-se a uma pessoa da Divindade. O diabo se opõe a Cristo (Mt 4.1-10),a carne faz guerra contra o Espírito (Gl 5.17) e o mundo se opõe ao Pai (1Jo 2.15-17). O Mundo, e tudo o que nele há, é morte diante de Deus.
Para vencer o diabo, basta repreendê-lo e resisti-lo pela fé; para vencer o pecado, basta confessá-lo e crer no poder do sangue do Cordeiro; a morte, no entanto, só pode ser vencida através da comunhão e do amor do Pai. Muitos irmãos não são cheios do Espírito, simplesmente, porque não têm o coração consagrado a Deus. A consagração é uma das principaiscondições para sermos usados por Deus.

O exemplo de Sansão – (Js 13.1-5)

Sansão foi escolhido por Deus desde o ventre materno. Um dia, um anjo apareceu aos seus pais lhes disse que teriam um filho, o qual seria consagrado ao Senhor desde o ventre. E o mesmo se deu conosco: o Senhor nos escolheu quando ainda estávamos no ventre materno (Sl 139.16).
Por isso o inimigo quer quebrar nossa consagração, a fonte da nossa força espiritual que é a unção do espírito. O inimigo sabe que sem a unção não temos poder. Por isso, ele procura nos seduzir com o intuito de quebrar a nossa consagração espiritual. Foi o que aconteceu com Sansão.

O diabo é astuto e não nos conduz diretamente ao pecado. Primeiro, ele nos convence de que não tem nada de errado em passear entre os parreirais e sentir o cheiro das uvas (Jz 4.5). Muitos irmãos não vivem no pecado ou no mundo, mas na fronteira entre ambos (Jz 14. 8-9).
A tentativa inicial do diabo para seduzir Sansão entre as vinhas não obteve êxito. Da mesma forma, a artimanha para fazê-lo tocar no cadáver do leão também não surtiu o efeito desejado. Por último, o inimigo usou uma mulher para induzi-lo a cortar os cabelos. E quando, enfim, os cabelos de Sansão foram cortados, ele perdeu todas as forças, e foi entregue por Dalila aos filisteus. Levado para o cárcere, furaram-lhe os olhos e obrigaram-no a rodar um moinho(Jz 16.19-21).

As conseqüências imediatas da consagração quebrada são:

• Perda do poder para vencer o pecado e subjugar o inimigo;
• Perda da liberdade conquistada em Cristo: por causa do pecado, muitos que outrora foram libertos, vivem sob jugo de escravidão do diabo;
• Perda da visão, do discernimento e da sensibilidade espiritual;
• Perda da direção espiritual: por causa das cadeias espirituais que nos prendem, passamos a andar em círculos.

A consagração é sempre seguida pela unção. E todas as vezes que o óleo desce sobre nós, a luz de Deus ilumina o nosso interior e dessa forma, sabemos para onde ir e como chegar lá. Quando não há consagração, gastamos muita energia e produzimos quase nada. Mas se a unção está sobre nós, vemos o que outros não vêem, fazemos o que outros não fazem, avançamos enquanto outros desistem.

Aluízio A. Silva
fonte: http://www.IgrejaVideira.com

Anúncios

2 Responses to Palavra da Célula 26 ago 09 – O voto do Nazireu

  1. Pr. Anatalino Moreira disse:

    Pr. Aluízio li a mensagem sobre Sansão e me edificou muito. louvo ao Senhor por sua vida e visão dos milhares. (Igreja em Células)
    sou pastor da 20ª Igreja do Evangelho Quadrangular em Pelotas RS.
    Recebi um lindo cartaz do II Seminario Sul Brasileiro convidando-me para o evento, sentí-me honrado com o convite.
    não compareci devido a um encontro com Deus já agendado.

    Obrigado… è já a ultima hora, trabalemos enquanto é dia, a noite vem quando ninguem pode trabalhar.

    fica na Paz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: