Palavra da Célula 30 set 09 – Destronando o rei estômago

DSC01356-yTudo que conquistei ministerialmente foi por meio de jejum. Foi durante um jejum que fui chamado para o ministério e foi durante um jejum que decidimos começar a Videira. Foi no final de um jejum que compramos tanto o prédio da Videira do Bueno e o da praça da Bíblia. E também é por meio de jejuns que conquistamos a multiplicação das células a cada ano.

Eu não tenho dúvida de que o jejum é uma poderosa arma espiritual contra o inferno e um grande instrumento para edificar nossa fé e ver o poder de Deus liberado. Nesse ano completamos o décimo ano em que sistematicamente jejuamos duas vezes por ano.

Todo projeto tem um lugar de nascimento, e quando Deus coloca no seu coração sonhos que podem ser alcançados somente pelo poder do céu, então você precisa jejuar e orar. O jejum libera a unção, o favor e a bênção de Deus sobre seus filhos.

As três dobras

Muitos carregam conceitos errados a respeito do jejum. Em primeiro lugar o jejum não é simplesmente ficar sem comer. Isto é dieta ou passar fome, mas não jejum. O jejum também não é algum tipo de penitência praticada por fanáticos e nem é algo para ser feito apenas por monges que vivem trancados em algum mosteiro. De maneira simples: o jejum é se abster de comida para um propósito espiritual.

No capítulo 6 de Mateus enquanto Jesus dava a constituição do Reino ele falou de três coisas que todo discípulo deveria fazer e ensinou a maneira correta de fazê-las: “quando deres”(v. 2), “quando orardes” (v. 5) e “quando jejuardes” (v. 16).

Ofertar, orar e jejuar são as três dobras de uma corda espiritual que não pode se romper (Ec 4.12). Essas três coisas quando praticadas juntas produzem solidez na vida do discípulo.

Todos concordam com a oração, alguns com a oferta, mas muito poucos cristãos realmente possuem a disciplina do jejum. Precisamos apenas nos lembrar que se Jesus, que podia todas coisas, teve de jejuar, muito mais nós para romper com as cadeias espirituais.

Destronando o rei estômago


Creio que uma vez que você decide jejuar o Senhor lhe dá uma graça especial para chegar ao fim do jejum, porque o Senhor olha o coração. Mas você tem que tomar a decisão de tirar o seu estômago do trono.

Eu imagino que seja verdade quando dizem que o caminho do coração dos homens é o estômago, e que o diabo sabe disso.

a. O homem caiu pelo estômago

Você e eu sabemos que o homem só caiu no Éden por que viu que “a árvore era boa para se comer e agradável aos olhos” (Gn 3.6). O estômago foi o primeiro a cair e depois da refeição agradável o homem se escondeu no meio das árvores do jardim. Hoje sofremos as consequências do apetite deles.

b. O pecado de Sodoma


Pensamos que o pecado de Sodoma e Gomorra estava relacionado apenas com sexo e perversões, nem todos sabem que a comida foi também uma causa. “Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão e próspera tranqüilidade teve ela e suas filhas; mas nunca amparou o pobre e o necessitado. Foram arrogantes e fizeram abominações diante de mim; pelo que, em vendo isto, as removi dali” (Ez 16.49,50).

Veja as três dobras aqui: ela não ofertou ao pobre, fizeram abominações em vez de orar e também viviam da fartura do pão, isto é, glutonaria.

c. O desprezo de Esaú

Jacó cometeu muitos erros, mas no fim recebeu a bênção no lugar de Esaú. Porque? Talvez Esaú fosse uma pessoa melhor do que Jacó, mas era escravo do seu estômago. “Esaú respondeu: Estou a ponto de morrer; de que me aproveitará o direito de primogenitura? Deu, pois, Jacó a Esaú pão e o cozinhado de lentilhas; ele comeu e bebeu, levantou-se e saiu. Assim, desprezou Esaú o seu direito de primogenitura” (Gn 25.32,34).

Esaú perdeu a bênção por causa da cobiça da gratificação instantânea. O autor de Hebreus nos adverte para não sermos como Esaú, chamado de impuro e profano. “Nem haja algum impuro ou profano, como foi Esaú, o qual, por um repasto, vendeu o seu direito de primogenitura” (Hb 12.16). Trocar coisas espirituais por comida é se tornar impuro e profano aos olhos de Deus.

d. Os murmuradores do deserto

Depois que Deus libertou o povo da escravidão do Egito, os conduziu para o deserto onde por quarenta anos os sustentou com o maná. Eles nunca ficaram doentes, porque era uma comida perfeita dos céus. No entanto a Bíblia diz que: “E o populacho que estava no meio deles veio a ter grande desejo das comidas dos egípcios; pelo que os filhos de Israel tornaram a chorar e também disseram: Quem nos dará carne a comer? Lembramo-nos dos peixes que, no Egito, comíamos de graça; dos pepinos, dos melões, dos alhos silvestres, das cebolas e dos alhos. Agora, porém, seca-se a nossa alma, e nenhuma coisa vemos senão este maná” (Nm 11.4-6).

Deus ouviu suas reclamações. E como qualquer filho pode testemunhar, não é uma boa idéia reclamar da comida da mãe. Então o Senhor disse: “amanhã e comereis carne; porquanto chorastes aos ouvidos do SENHOR, dizendo: Quem nos dará carne a comer? Íamos bem no Egito. Pelo que o SENHOR vos dará carne, e comereis. Não comereis um dia, nem dois dias, nem cinco, nem dez, nem ainda vinte; mas um mês inteiro, até vos sair pelos narizes, até que vos enfastieis dela, porquanto rejeitastes o SENHOR, que está no meio de vós, e chorastes diante dele, dizendo: Por que saímos do Egito?” (Nm 11.18-20). E eles comeram até se empanturrarem, mas enquanto ainda estavam com a carne entre os dentes veio o juízo sobre eles e muitos morreram (v. 33).

Deus tinha bênçãos sobrenaturais para os israelitas no deserto, mas eles preferiram os apetites carnais. Muitos não têm recebido mais de Deus porque ainda são governados pelo rei estômago. Deus quer derramar Suas bênçãos sobrenaturais em nossas vidas, mas precisamos entender que Ele deseja que jejuemos e oremos.

Aluízio A. Silva

Anúncios

5 Responses to Palavra da Célula 30 set 09 – Destronando o rei estômago

  1. Querli Cristiane Mauricio disse:

    Concordo totalmente no jejum onde ficamos conectados a Deus em oraçao. Realmente somente o Senhor Nosso Deus para nos sustentar em graça e de pé. Oro para que vcs da videira cresçam em qualidade e quantidade no Senhor. A PAZ. Querli.

  2. claudia farias disse:

    Estou lendo dois livros do Pastor Aluizio e estou impactada. Estou sentindo muito forte a presença de Deus na minha casa, na minha vida, em tudo. Tenho muitas experiencias com Deus, mas agora preciso conversar sobre tantas novidades. Sou de uma igreja maravilhosa que amo muito porem preciso de mais, sinto sede, sinto fome. Não encontrei aqui em Brasilia uma igreja como pude conhecer em Caldas Novas: Videira.(apesar de ser só durante um passeio e lá conheci as publicações do Pastor Aluizio. Onde encontro uma igreja nesta visão e unção aqui em Brasilia? Que Deus os abençoe, um forte abraço em Cristo Jesus: Cláudia Farias.

  3. iphone 5c disse:

    iphone 5c

    Palavra da Célula 30 set 09 – Destronando o rei estômago | Célula de Casais e Adultos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: