Palavra da Célula – 04 de Novembro 2009 – “Discipular”

discipuloO discipulador discipula cada líder que faz parte de sua equipe. O líder de célula, por sua vez, deve ter líderes em treinamento na célula. O líder em treinamento é o discípulo do líder e também um anjo da guarda, ou seja, um discipulador que acompanha os novos convertidos. Essa é a estrutura da nossa igreja. O problema é que nossos líderes de célula ainda não têm agido como discipuladores.

O que impede um líder de se tornar um discipulador dos líderes em treinamento:

• Falta de tempo 
Como o tempo dos membros é escasso, é preciso focar nosso trabalho em pessoas e não em atividades. O discipulado pode ser feito semanalmente. Caso isso não seja possível, em algumas épocas do ano, pelo menos de quinze em quinze dias.

• Foco na frequência e não no discipulado 
Alguns líderes se contentam em ter uma reunião de célula cheia, mas uma esse não é o alvo principal. Nosso chamado é para formar discípulos e não ganhar membros. O Novo Testamento não diz que a igreja tinha membros, mas discípulos.

• Mentalidade de escola 
Alguns se contentam em mandar membros para fazer o Curso de Maturidade e o CTL. Imaginam, equivocadamente, que isso é tudo o que se espera deles, mas estão enganados. Nossos cursos são fundamentais, mas o processo de treinamento de um líder só será completo com o discipulado.

• Falta de revelação do sacerdócio dos crentes 
Todo membro é um discípulo e um líder em potencial, mas ele somente se tornará um discípulo quando se dispuser a tomar a cruz e se tornar um líder em treinamento na sua célula.

• Falta de um “trilho” que o discipulador possa seguir 
Nós tínhamos um trilho para a formação de um líder, mas nos faltava uma estratégia clara de como transformar um líder em um discipulador. Agora que a temos, forneceremos um roteiro básico de como deve acontecer o nosso discipulado em todos os níveis.

Cada líder de célula, um discipulador

O limite de células para um discipulador de líderes depende de sua capacidade e tempo disponível para acompanhá-las. Enquanto o discipulador não atingir seu limite, ele poderá remanejar para si todas as multiplicações das suas células.

Cada líder de célula já discipula os líderes em treinamento, mas o seu alvo deve ser levá-los a se tornarem líderes. Quando isso acontece, ele se torna naturalmente um discipulador de líderes. O alvo é que cada líder de célula se torne um discipulador.

Para atingir o alvo, cada líder deverá constituir na célula três líderes em treinamento, que serão seus discípulos e também cooperadores na mesma. A primeira função e encargo do líder em treinamento deve ser apascentar os demais membros da célula.

Tornamos-nos discípulos para nos multiplicarmos. Assim, cooperamos com o Espírito Santo para a formação de crentes maduros que também se multiplicarão. Temos um grande potencial, vidas que nos foram confiadas pelo Senhor.

Precisamos somente entender que não temos escolha, o Senhor nos mandou fazer discípulos. Um líder de célula que não discipula ninguém está simplesmente ignorando uma ordem do Senhor Jesus (Mt 28.19,20). Um líder só aprende a liderar sendo discipulado por outro líder.

Atitudes de um líder de célula que discipula o líder em treinamento

• Não se isola dos seus discípulos 
• Repara as responsabilidades da célula com eles 
• Leva-os consigo em todas as reuniões de liderança 
• Delega a eles uma parte dos membros da célula para que eles os apascentem 
• Estuda com eles o Manual da Visão de Células 
• Planeja junto com eles cada evento da célula 
• Avalia junto com eles o acompanhamento dos membros 
• Não tem medo de que seu discípulo se torne maior do que você

Os equívocos mais comuns do discipulado 

• O discipulador deve andar atrás do discípulo 
• O discipulado é para alguém cuidar de mim 
• Discipulado é somente para pegar relatórios 
• Aceito o discipulado, mas não que falem na minha vida pessoal 
• Não tenho tempo para o discipulado 
• Posso crescer sozinho
• Quero ser discipulado, mas não quero liderar
• Quero liderar, mas não quero o discipulado 
• Quero ser discipulado, mas não quero que cobrem nada de mim – o alvo do discipulado é o crescimento 
• Quero ser discipulado, mas não quero cuidar de discípulos

Transformando membros em discípulos (At 6.1,2)

O livro de Atos se refere aos irmãos como “a comunidade dos discípulos”. Isso revela que o que estava no coração dos líderes da igreja não era apenas pregar o Evangelho e salvar pessoas, mas sim, fazer discípulos de Jesus. Em nossa igreja, a célula é o lugar de formar discípulos, este é o grande desafio.
Para alcançar esse desafio, o líder de célula precisa considerar três pontos essenciais: primeiro, encarar seus desafios como líder e superar os seus próprios bloqueios; segundo, suprir as necessidades dos membros através do ensino da Palavra; terceiro, investir adequadamente nos líderes em treinamento discipulando-os. 
Dessa forma o discipulado alcança todos os membros da igreja. Começando com o pastor da igreja local, até os novos convertidos. O alvo desse discipulado é passar o DNA. 
O crescimento da igreja está associado diretamente com o crescimento das células. E o crescimento das células, por sua vez, depende da atitude dos seus líderes em formar discípulos.

Pr. Aluízio A. Silva

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: